Neko

terça-feira, 26 de junho de 2012

David Teles Pereira




Não duvides - meu amor - o gato sabe-o. 
Os gatos sabem-no sempre, mesmo que nunca ninguém lhes confesse o quanto doem os dias de amor mal temperado.  
Acredita, eles sabem e, por isso, falam com a janela mais silenciosa da casa, deixam de alimentar a horas o corpo de pêlos tão ternos.  
Os gatos sabem-no e são os únicos animais que sentem da mesma forma que nós, que amam pessoas com nomes mais ou menos possíveis. 
E nós somos para os gatos - quando eles nos amam - o parapeito de onde podem observar em segurança os dias menos cinzentos do ano. 
O amor não é inútil. Só os gatos o sabem.

Um comentário:

  1. David Teles Pereira sabe de gatos, de amor e de poesia... E sabe-o bem.

    ResponderExcluir